2 de dezembro de 2015

Resenha: Perdidos Por Aí

Título Original: Let's Get Lost
Autor: Adi Alsaid
Editora: Verus
Ano: 2015
Páginas: 294
ISBN: 978-85-7686-397-7
Avaliação: ★★★★
Sinopse: Quatro jovens ao redor do país têm apenas uma coisa em comum: uma garota chamada Leila. Ela entra na vida de cada um com seu carro absurdamente vermelho no momento em que eles mais precisam de alguém. Entre eles está Hudson, mecânico em uma cidadezinha, que está disposto a jogar fora seus sonhos de amor verdadeiro. E Bree, uma garota que fugiu de casa e curte todas as terças-feiras — além de algumas transgressões ao longo do caminho. Elliot acredita em finais felizes... até sua vida sair totalmente do script. Enquanto isso, Sonia pensa que, quando perdeu o namorado, também perdeu a capacidade de amar. Hudson, Bree, Elliot e Sonia encontram uma amiga em Leila. E, quando ela vai embora, a vida de cada um deles está transformada para sempre. Mas é durante sua própria jornada de quase sete mil quilômetros através do país que Leila descobre a verdade mais importante: às vezes, aquilo de que você mais precisa está exatamente no ponto onde começou. E talvez a única maneira de encontrar o que você está procurando seja se perder ao longo do caminho.

 Quatro pessoas e algo em comum: Leila e seu carrão vermelho. Seguindo viagem de uma ponta a outra dos EUA, ela pousa de paraquedas (ou mais precisamente, sobre quatro rodas) diante das vidas de Hudson, Bree, Elliot e Sonia. Cada um possui uma peculiaridade e a passagem de Leila definitivamente mudará suas vidas.

 Hudson é um jovem que trabalha como mecânico e, aparentemente, nasceu para aquilo, tamanha maestria que ele executa sua profissão. Porém, seu maior sonho (e de seu pai) é que ele torne-se médico. Suas aventuras com Leila começam quando ela precisa realizar um check-up em seu carro e, obviamente, para na oficina da família do garoto. Nasceu ali, um amor do garoto para ela, mesmo que num período tão curto. Ele sente que, com ela, pode ir além. Não foi um personagem que me agradou, principalmente quando Leila precisa partir.

 Seguindo viagem, a próxima amizade é a de Bree, que perdeu seus pais num acidente e, por guardar rancores da irmã por uma suposta falta de sensibilidade da mesma pelo fato, ela decide fugir de casa, perambulando sem eira nem beira mundo afora.

 Elliot sofre com um amor não correspondido (e secreto) pela sua melhor amiga Maribel, mas não tem coragem suficiente de contar. Depois e uma noite desastrosa, Leila aparece (da maneira mais estranha) para ajudá-lo a dar um bom fim ao filme de sua vida.

 Por fim, Sonia. Desde a trágica morte de seu namorado, ela não consegue (ou acha que não deve) sentir amor real por mais nenhum outro garoto. Nesse momento, temos também boas descobertas sobre a própria Leila.


 A história, mesmo que não aparente, é bem curta e rápida, assim como a passagem de Leila nas vidas de cada um. A narrativa discorre sem grandes momentos, mas também não se perde no marasmo (logicamente).

 Mas, e onde entra a história de Leila? O autor esqueceu? Não. A obra é dividida em 5 partes, sendo as quatro primeiras para os personagens citados acima e a quinta e ultima, exclusivamente para ela. É onde o clima é mais dramático, com boas revelações.

 De fato, o livro é simples, direto e divertido na medida certa, mas falta aquele algo a mais, que emocione ou toque profundamente, mesmo que essa não seja a proposta. Mas a sensação deixada é que, se corresse por esses caminhos, poderia ser melhor aproveitado.

 Perdidos Por Aí são inúmeras histórias que podem acontecer com qualquer um. Leila é, aparentemente, uma metáfora do que a vida prega para as pessoas, cabendo a cada um de nós aceitar a zona de conforto ou explorar as adversidades e procurar algo melhor.


Parceria: Grupo Editorial Record (Selo Verus)

4 comentários:

  1. Ooi! Eu acho a capa desse livro super bacana mas nunca tinha parado para ler sinopse e /ou resenha. Gostei bastante da analise e fiquei até curiosa para ler a história. Uma pena que não tem aquela dose de emoção que alguns livros assim podem exigir.

    Beijos
    SIL ~ Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  2. Esse é um livro que tenho bastante vontade de conhecer. A capa é linda e a premissa é bem interessante. Não tenho muita certeza do que vou esperar, mas parece que o livro me chama hehhe
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A capa do livro é linda, mas acho que não leria. A premissa não me convenceu, parece simples demais.
    No momento, eu não daria chance. Talvez no futuro.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
  4. Gostei dos detalhes, apesar de fraco o enredo é o tipo que me conquista hahah! Vi no começo do ano o booktube gringo elogiar muito bom saber que já temos uma versão BR dele, vou conferir!

    Abs

    http://tediosoc.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...