30 de agosto de 2015

Resenha: Star Wars - Manual do Império

Título: Manual do Império: Guia do Comandante
Título Original: Star Wars: Imperial Handbook
Editora: Bertrand Brasil (Editorial Record)
Autor: Daniel Wallace
ISBN: 878-85-286-1705-4
Ano: 2015
Páginas: 160
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: O mais novo livro da série Jedi / Sith / Caçador de Recompensas chegou! O Império tomou conta da galáxia, e oficiais de alto escalão de cada setor das forças armadas registraram em O Manual do Império: Guia do comandante diretrizes táticas e procedimentos, além de relatos de missões e documentos confidenciais para todos os comandantes recém-promovidos. Este guia abrangente revela detalhes sigilosos das táticas imperiais de batalha, medidas aceitáveis para punir traidores e o plano de longo prazo do Império para a dominação militar da galáxia. Depois da Batalha de Endor, este manual ultrassecreto caiu nas mãos da Aliança Rebelde. Com anotações bem-humoradas escritas à mão nas margens das páginas, conhecidas figuras da Rebelião desafiam em seus comentários a propaganda oficial do Império.




 Depois de descobrir o Caminho Jedi, dos Sith e dos Caçadores de Recompensas é hora de se aventurar como membro no império galático do universo Star Wars.

 Assim como os outros três livros da coleção já lançados, este manual é um completo e eficaz guia de como fazer parte da frota imperial, liderada pelo imperador Palpatine. Apesar de bastante "formal" (em seus termos técnicos), o livro não deixa de lançar suas ironias e cutucadas à antiga republica e a Aliança Rebelde, atual equipe de combate direto ao império (a oposição, digamos).

 O manual é dividido em cinco distintas partes: Forças Armadas Imperiais, que conta mais sobre a parte burocrática do império, como administração, politicas e história; A Marinha Imperial, que descreve todo regime da marinha, os seus funcionários e frota (destróiers e modelos Tie, por exemplo); O Exército Imperial, que aborda mais a parte "mão na massa", as estrategias e veículos usados, A Tropa de Stormtroopers, que descreve como tornar-se um, desde seus treinamentos à diferenciação dos Stormtroopers por atividades; E por fim, A Doutrina Imperial, que trás consigo os objetivos do império, como a supremacia e a aniquilação/captura dos rebeldes.

 E claro, não podia faltar a obra os já esperados comentários 'rabiscados" por alguns dos personagens do universo Star Wars que tiveram em mãos este manual, como por exemplo Leia Organa, Mon Mothma, e os corellianos Wedge e o sempre nada humilde Han Solo.

 O Manual do Império é um excelente item na prateleira de qualquer colecionador/admirador de Star Wars e uma ótima pedida de leitura. Apesar de bem focado no seu contexto (um livro didático, digamos, pois ele tem como suposto objetivo fazer com que o leitor compreenda de fato o que é o Império Galáctico e todas as "maravilhas" dele), o livro é descontraído e rápido.

 Eu, como admirador desse mundo no qual o livo se baseia, devorei a manual rápido (até demais) assim como aconteceu em O Código do Caçador de Recompensa (resenha aqui). Fisicamente falando, a Bertrand Brasil arrasou na construção do livro, que tornou-se um dos mais belos na minha prateleira.

 Não só para fãs, mas Manual do Império está mais que indicado à leitura!
   
   

Parceria: Grupo Editorial Record (Selo Bertrand Brasil)

2 comentários:

  1. Olá,
    A verdade é que nem conheço essa história direito, sempre tive curiosidade de saer mais sobre toda essa história tão icônica, mas a oportunidade não surgiu ainda.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...