5 de julho de 2015

Resenha: A Lista

Título Original: One Hundred Names
Autor: Cecelia Ahern
Ano: 2015
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
ISBN: 978-85-8163-683-2
Avaliação: ★★★
Sinopse: Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente. Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira. Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.
Skoob
Site


 Kitty Logan está vendo sua vida ruir: Seu namorado a largou e seu amigo está magoado com ela. As coisas começaram a piorar para ela depois de uma reportagem feita por ela na TV na qual ela afirmava que um professor era pedófilo e, além disso, uma das alunas estava grávida dele. Tudo não passava de uma farsa que acabou tanto com a vida direita e normal do professor quanto com a carreira de Kitty.

 A única pessoa que talvez ainda confiasse em sua capacidade profissional é Constance, dona da revista Etecetera mas que está muito doente. Antes de partir dessa vida, Constance deixa para Kitty um material que poderia ajuda-la a reescrever sua vida e carreira: uma lista com 100 nomes. Ninguém sabe do que se trata, quem são aquelas pessoas ali representadas e mais, o que Constance pretendia escrever. Eis a missão dela.

 Kitty começa a correr atrás de cada uma daquelas pessoas daquela lista. É quase como procurar uma agulha num milharal. O prazo dela é curto, a cobrança é enorme sobre suas costas, os patrocinadores da revista exigem que ela seja demitida/afastada e ela mesma não se sente capaz de cumprir sua missão. Talvez o fato de Constance ter confiado sua matéria que ela trabalhava antes da morte para Kitty seja o motivo que ainda a impulsiona a seguir adiante.

"Todo indivíduo em qualquer parte do mundo tem uma história para contar. Talvez pensemos que somos pessoas comuns, que nossa vida é entediante porque não estamos fazendo nada de extraordinário nem estampando as capas dos jornais, tampouco suas manchetes, nem ganhamos prêmios memoráveis. Mas a verdade é que todos nós fazemos coisas fascinantes, admiráveis e das quais deveríamos sentir orgulho. Todos os dias as pessoas fazem coisas que não são comemoradas. Coisas que deveriam ser estampadas nos jornais. Os heróis anônimos, as pessoas que não se consideram heroínas porque estão fazendo simplesmente o que acreditam que têm de ser feito em sua vida."
Página 373

 O livro, apesar de prender a atenção e despertar a curiosidade do leitor, poderia ser mais impactante. Achei que em alguns momentos faltou folego para a trama, na qual a autora precisou se jogar de corpo e alma no rio que ela mesma criou para resgatar a obra. Ou seja, ela conseguiu tirar proveito até mesmo dos pontos "ruins" da obra. Ponto para a autora.

 Falando nela, esse é o primeiro livro da Cecelia Ahern que decidir ler, até pelo fato da obra não focar em um romance propriamente dito, mas por decair pro lado dramático da literatura. O suspense (no sentido misterioso da palavra) também faz valer a leitura.

 Ainda que o livro não tenha sido tão bom quanto eu esperava que fosse (não é ruim, entendam) ele consegue prender na leitura. Você sente a necessidade de acompanhar de perto Kitty nessa missão quase impossível, sofrendo e comemorando com ela a cada avanço. Outra coisa que vale ser ressaltada: a boa relação que eu consegui sentir com a personagem central. Da vontade de ajudar ela de alguma forma por que... que sofrimento!!!

 No contexto geral, apesar de altos e baixos, A Lista é um bom livro e que, provavelmente vá agradar muito mais os leitores do que desagradar. Fica a dica de leitura!



Parceria: Grupo Editorial Novo Conceito

2 comentários:

  1. Eu li a sinopse desse livro e achei mega interessante, logo de cara ficou com pena da protagonista! rsrsrsrs Como vc diz é bom quando a gente tem uma boa relação com o personagem principal, ao que parece Kitty tem carisma. Enfim, o livro já está na minha lista!

    Parabéns pela resenha!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. A sinopse é bem misteriosa, então a história teve uma boa pitada de suspense. Eu leria, sim. Esse tipo de personagem que tem a vida desgraçada dá uma angústia, né? A gente fica torcendo pra não dá nada errado DE NOVO.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...