23 de junho de 2015

Resenha: A Playlist de Hayden

Título Original: Playlist of The Death
Autor: Michelle Falkoff
Ano: 2015
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
ISBN: 978-85-8163-704-4
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A Playlist de Hayden é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

Ouça a playlist: http://aplaylistdehayden.com.br




 A Playlist de Hayden veio com a difícil missão de abordar um tema tão comum ultimamente em livros (o bullying) mas de forma original e que valesse toda expectativa gerada em cima dele. Diante mão posso garantir: cumpriu seu objetivo.

 Vi muita gente comparando o livro a Os 13 Porquês e, sinceramente, não consegui intender essa relação errônea entre os dois. Sim, pode ser semelhante pelo tema proposto (bullying e suicidio), por ter "fones de ouvido", mas não consegui identificar mais nada que fizesse a história perder sua originalidade.

 Sam e Hayden são grandes amigos. Alias, eles tem apenas um ao outro para contar, já que por apreciarem cultura geek, não terem porte físico para a pratica de esportes no colégio (nem aptidão), serem tímidos, etc, tornaram-os nada populares. Fatores que os fizeram alvo fácil da trifeta de bullying, composta por Troy, Jason e, surpreendentemente, o irmão mais velho de Hayden, Ryan.

 As coisas tornam-se ainda piores quando a dupla resolve ir a uma festa, depois de Hayden decidir isso, sem mais nem menos, algo que deixou Sam um tanto confuso. E foi nessa festa o principal fator motivacional e derradeiro de uma grande tragédia: Hayden decidiu tirar a própria vida. Antes disso ele criou uma playlist e deixou-a para Sam, com algumas musicas que o próprio Sam desconhecia e não acreditava que seu amigo pudesse ouvir. Definitivamente, Hayden guardava segredos dele.

 Inicia-se uma "investigação" profunde de Sam para entender todos os motivos (fora os óbvios) que levaram seu amigo a cometer o suicídio. Com o decorrer da trama, surge uma peça chave que auxiliaria a Sam chegar inda mais fundo nessa história: Astrid, uma garota excêntrica, bem humorada e prestativa. Qual a relação dela com Hayden? Mais uma pergunta sem resposta.

"Pensei por um minuto sobre a crescente lista de pessoas que se sentiam responsáveis pela morte de Hayden. Todos nós estávamos certos e todos estávamos errados ao mesmo tempo. E, por fim, foi Hayden quem tomou aquela decisão. Foi ele quem deixou todos nós ali, tentando descobrir o que havia acontecido, impossibilitados de falar que sentíamos muito, para fazer a coisa certa. Eu jamais entenderia o quanto ele se sentiu ferido, confuso e desesperançado a ponto de decidir que não valia mais a pena tentar, e não estava irritado com ele por ele ter decidido fazer aquilo, mas jamais gostaria de sentir o mesmo. E também jamais gostaria de fazer outra pessoa se sentir assim."
Página 277

 O enredo de fato é cativante, mesmo com que a temática seja tensa, tirando pelo tempo de leitura que tive do livro (58 páginas em um dia, o resto do livro no outro). A autora mostrou MUITO conhecimento da cultura geek (que eu amo), desde filmes e games à quadrinhos, séries e claro, musica. Há referencias de coisas como o jogo Halo, a série The Walking Dead, o filme Star Wars, entre outros, coisas que fizeram que eu me identificasse muito com a dupla desastrada e dar méritos à Michelle Falkoff.

 Narrado pelo ponto de vista de Sam, a obra é tão bem trabalhada que você se sente dentro do enredo, sendo quase um amigo invisível do garoto presente em todos os momentos dele no livro. Sam sempre se mostrou mais forte que Hayden, algo que ficou comprovado apos a morte do amigo. Ele precisou remodelar seu mundinho fechado, algo que não tenho certeza se Hayden conseguiria.

 Astrid é outra personagem que eu simplesmente amei. Fiquem com um pé atras com a aparição dela no inicio mas ela mostrou logo seu valor.

 Não consegui encontrar falhas para apontar na obra. Ainda estou envolvido com o livro e triste por ele ter terminado. Ok, sei que o livro pode não ser de história excepcional mas encontrei o que espero em um enredo: Que chame e prenda atenção na leitura, que seja bem desenvolvido e que envolva o leitor. A Playlist de Hayden fez valer as expectativas. Super indicado a todos!



Parceria: Grupo Editorial Novo Conceito

10 comentários:

  1. Só agora fui ler resenha desse livro, mesmo vendo ele direto por aí na blogosfera. Desconfiei de que se tratava de um drama, mas não que envolvesse suicídio. Mas se a autora soube trabalhar direitinho o tema, não caindo na mesmice, deve ter resultado num livro muito bacana,e eu o leria com certeza, pq sou fã de um bom drama <3
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te confesso que não li mais de três resenhas desse livro por medo de me decepcionar ou criar expectativas demais. Garanto que vale a pena conferir!

      Excluir
    2. Ooiiiii Carlos, eu ainda não li esse livro, mais sei que ele deve tratar de um tema bem complicado, ou seja, a perda inesperada. Afinal, o suicidio de Hayden deve mexer muito com o Sam.
      Enfim, boa resenha viu.

      bju
      ventoliterario.blogspot.com

      Excluir
  2. Olá!

    Não curti tanto assim a história... A playlist foi só de enfeite, mas que bom que você gostou!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá! Desde que fiquei sabendo do lançamento desse livro fiquei morrendo de curiosidade. Leio tantos comentários positivos sobre ele que a cada dia fico mais curiosa. A história parece ser linda e bem emocionante. Espero poder ler A Playlist de Hayden em breve. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi
    to com esse livro para ler, mais tenho outros na frente. Gostei da sua resenha positiva, andei vendo algumas negativas que me desanimou. Que bom que gostou da leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estou há séculos com esse livro para ler aqui e só adiando, a cada resenha fico mais e mais instigada por saber mais sobre Hayden, sua amiga Astrid e a abordagem que a Michelle Folkoff faz do bullying e da cultura geek na qual estou inserida até a médula.

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Ei, Carlos Magno!
    Sua resenha ficou MUITO boa. Desde que vi a NC falando do lançamento desse livro, fiquei interessada. Agora, mais ainda! :)
    Abraço

    Minha Secreta Poesia

    ResponderExcluir
  7. Eu amei sua resenha
    Perfeita
    Eu li esse livro e ele simplesmente superou as minhas expectativas
    beijos
    http://www.oclubedameianoite.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...