24 de março de 2015

Resenha: A Urna Sagrada

Título Original: The Bone Box
Editora: Record
Autor: Bob Hostetler
ISBN: 978-85-01-08752-2
Ano: 2015
Páginas: 336
Skoob
Avaliação: ★★★
Sinopse: Como arqueólogo, cabe a Randall Bullock decifrar vestígios de civilizações antigas. Como marido, deve aprender a conviver com a morte da esposa. Como pai, Rand não sabe o que fazer. Seu relacionamento com a filha Tracy, de 19 anos, promete ficar ainda mais complicado quando ela é expulsa da faculdade e vai atrás dele em Israel. Porém, trabalhar naquela região é cada dia mais perigoso e, ao ser designado para um novo local, Randall acaba precisando contar com a ajuda da bela oficial da polícia israelense Miri Sharon. Mas o verdadeiro desafio ainda está por vir. Dois ossuários estão enterrados ali, e um deles contém um pergaminho que pode comprovar a ressurreição de Jesus Cristo. Forçado a encarar o poder dessa revelação histórica, ele deve confrontar suas próprias crenças — ou a falta delas — enquanto tenta evitar que as consequências de sua descoberta tenham uma reviravolta desastrosa. A urna sagrada é um suspense histórico que alia, de maneira magistral, conflitos políticos, romance e fé. Com todo o seu conhecimento religioso e uma boa dose de ação, Bob Hostetler consegue levar o leitor a uma nova versão de um importante momento da história do mundo.

 A vida de Randall Bullock virou de pernas pro ar quando sua mulher (e porto seguro) morreu em um trágico acidente de carro. A depressão o abraçou e o álcool se tornou seu melhor amigo, fatos que só agravaram ainda mais a distancia dele para sua filha, Tracy.

 Ele, arqueólogo de profissão, resolveu aceitar um convite para trabalhar em uma escavação em Israel. Lá, ele encontraria possíveis provas tanto da existência quanto da ressurreição de Jesus. Ai que entra um fator que poderia ser relevante para Randall: ele é "ateu", mesmo depois de anos vivendo e crescendo no evangelho. Tracy, está em apuros pois acabou de ser expulsa da faculdade e por isso, sem ter muito o que fazer nos EUA, decide ir atrás do pai sem que ele saiba. Qual a probabilidade disso dar certo??

 O livro, como um todo, deixou bastante a desejar e me decepcionou. A história de início apresenta um teor politico-religioso que prende o leitor. A ambientação história-cenário também é valorizada pelo autor. Porém, no decorrer do enredo, tudo aquilo se perde, junto com o foco que a obra propôs. O mistério que a envolve também não é tão empolgante assim.

 Randall, que é o personagem principal da estória, perde forças no enredo para Tracy, que por vários momentos teve suas aventuras mais interessantes que a do próprio pai. E por falar em pai e filha, um dos fatores positivos da obra é a vida pessoal dos dois que é narrada enquanto o mistério esta sendo apurado. Ambos não sabem lidar consigo mesmo e muito menos se relacionar um com o outro. 

 Um fator que desagradou foi a história paralela que se passa dos anos 18 à 32 d.C. A ideia proposta por Bob Hostetler nesse quesito é excelente, não fosse a descontextualização que ela causa na leitura. Em momentos que você está no ápice da aventura, a história "atual" para para que a "segunda história" possa ser narrada.

 O final também deixou a desejar pois é bem previsível. Poderia ter sido mais envolvente e/ou mais emocionante no que diz respeito ao missão que fez Randall ir para o Israel (e redondezas) de fato. A questão religiosa é veementemente presente do meado para o final do livro, o que de certa forma deixou a história legal principalmente com a inclusão de Carlos, outro personagem que viria a ganhar folego desse ponto da história a diante.

 Enfim, o livro em si poderia ter sido melhor explorado. A proposta é excelente, o corpo da história é incrível mas infelizmente parece que o autor Bob Hostetler perdeu-se em suas ideias. Não escondo a decepção mas ainda assim eu deixo aquela interrogação sobre indicar ou não a leitura da obra.

5 comentários:

  1. É uma pena que o livro não tenha te agradado porque eu realmente gostei da premissa, mas entendo sua crítica, porque deve ser muito chato estar no auge da história e cortarem sua animação com uma história paralela que você não está tão interessado no momento. Uma pena.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prometeu muito mas deixou a desejar, infelizmente.

      Excluir
  2. Sério more...
    tua resenha foi super sincera....
    meio me desanimou meio me deixou curiosa...
    vou refletir bastante antes de ver se vale apena a leitura...
    beijos enormes e parabéns

    www.cantodadomino.blogpost.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não que seja ruim, mas a dinamica nao me agradou. So voce lendo pra entender.

      Excluir
  3. Achei o enredo muito bom... A sinopse me deixou realmente curiosa... Pena q o autor se perdeu, como vc disse, fiquei um frustrada com seu comentário...
    Mas, acho q vale a leitura, pra ver se eu vou perceber a mesma coisa.
    Obrigada pela dica

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...