15 de fevereiro de 2015

Resenha: Presságio - O Assassinato da Freira Nua

Título: Presságio - O Assassinato da Freira Nua
Editora: Novo Século
Autor: Leonardo Barros
ISBN: 978-85-7679-804-0
Ano: 2012
Páginas: 224
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: Alice tem 26 anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição. Agora, Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima. Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados da primeira à última página.

Skoob


 A história de Presságio começa com a narrativa de um assassinato, na qual a Freira (e Professora) conhecida como Irmã Bianca foi assassinada brutalmente. O Delegado Matias e o agente Felipe, que investigam o caso, encontram evidencias que os levam a desconfiar da santidade daquela freira e logo as suspeitas caem sobre um de seus alunos mais próximos.

 Enquanto isso, em outro canto da cidade, Alice Vegas vive o dilema de ir ou não em uma festa a fantasia de sua eterna inimiga desde os tempos de faculdade: Vívian. Ela tem o dom da clarividência, na qual se manifesta nela principalmente nos momentos de prazer (!). Claro que quase ninguém acredita nessa capacidade dela. Resolvida a ir a festa, lá ela tem um presságio da morte de uma freira. No dia seguinte, descobre-se uma nova vítima: Vívian foi encontrada morta em situações semelhantes da Irmã Bianca. E mais: Vívian estava fantasiada de freira! Como ninguém acredita que ela havia previsto aquele crime, ela decide correr atras de provas por conta própria.
Sabe o que mais me fascina em fotos antigas? Toda foto é um registro único de um momento que nunca irá se repetir... Mas, de uma forma geral, a foto dá uma nítida impressão de estática. De um movimento bruscamente paralisado. Exceto as fotos em que os olhos do fotógrafo se conectam com o olhar do fotografado... É como se toda a estática se perdesse naquele olhar... Como se, dentro dos olhos das pessoas, o tempo tivesse o seu próprio movimento. E mesmo aquela fração de segundo que se flagrou parece ser eterna. Fluente..."
Página 100
 O livro possui uma dinâmica incrível de leitura, fazendo-a fluir como cachoeira. Alice Vegas é uma daquelas personagens que não precisa ser carismática para ganhar a admiração do leitor. Seus dons são algo questionável por todos que a rodeiam, tornando-a uma pessoa reservada e insegura.

 Os crimes possuem traços fidedignos, mas, de acordo com os presságios de Alice, o autor dos crimes não seria quem a policia acreditava que fosse. Alguém estava se baseando no primeiro crime para cometer o segundo. Porém, não haviam provas concretas para isso, levando a mulher correr contra o tempo pra livrar um possível inocente, provar que não é louca e achar um psicopata que, segundo ela, estaria a solta e a qualquer momento poderia atacar novamente. Com o passar do tempo, nós mesmo começamos a questionar a sensatez dela.
 O final é surpreendente e sugestivo. Não há aquele clichê que vemos muito por ai, algo que acrescentou positivamente sob todo o desenvolver da trama. Os personagens (Alice a parte) são desenvolvidos de forma que suas "funções" se encaixem perfeitamente com andamento do livro.

 Não há muito o que ser discutido sobre a obra, mas sim absorvido lendo-a. Eu, que sou exigente em relação a livros policiais que, na minha opinião PRECISAM ter um início-meio-fim que se complementem, aprovei Presságio - O Assassinato da Freira Nua (e quero bis!), uma obra que merece ser lida por todos. 

8 comentários:

  1. Bela resenha more... deu até vontade de ler o livro... vou correndo colocar ele na minha lista de desejados!
    Beijos enormessssss
    e tais virando minha marquinha de qualidade!

    www.cantodadomino.blogpost.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena investir nele Domino, ainda mais que é um genero que voce gosta.

      Excluir
  2. Já faz algum tempo que quero ler algo do Leonardo Barros. As pessoas comentam bastante, fala que o cara é sensacional. E eu não duvido disso, sempre vejo resenhas super positivas deste livro. Gosto de tramas instigantes e surpreendentes! =D

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o primeiro livro dele que li mas já quero ler os demais. Excepcional a forma que ele escreve e que ele criou a trama. Vale conferir!

      Excluir
  3. Já ouvi falar da obra e a sua resenha me deixou mais curiosa para conhece-la. Ótima resenha!

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Carlos,
    Eu também tenho parceria com esse autor e em breve lerei sua obra, apesar de admitir que sua resenha me deixou mais ansiosa ainda! Até então só sabia da sinopse, e agora com sua resenha aprofundando mais sobre a premissa, tive mais vontade ainda de ler!

    Beijos,
    Miss Sorrisos Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste também. É um livro rápido de ser lido e com um enredo eletrizante.

      Excluir
  5. Carlos, eu amo histórias de crimes, e fico muito contente toda vez que surge uma nova trama singular e característica. É o que parece ser acontecido com Presságio. Já ouvi falar muito sobre esse livro, e lendo a sua resenha tive ainda mais vontade de conferir... não apenas pela trama bem construída, mas também pelos personagens bem desenvolvidos (é o que concluo através das suas palavras). Além disso, achei toda a premissa bem criativa... uma maravilha! Me instigou, hein! Amei a resenha.

    Abraços,
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...