26 de agosto de 2014

Resenha: Clarissa

Título Original: Clarissa
Editora: Globo
Autor: Érico Veríssimo
ISBN: 8525005029
Ano: 1989
Páginas: 192
Avaliação: ★★★
Sinopse: Clarissa vem de uma cidadezinha do interior para estudar na capital, Porto Alegre, onde mora na pensão de tia Eufrasina. Acompanhando o olhar da jovem alegre e otimista, Érico Veríssimo narra o despertar da consciência do mundo em uma adolescente. Clarissa retrata o cotidiano numa pensão familiar na Porto Alegre da década de 30 e, ao mesmo tempo, as convulsões do Brasil e do mundo naquele período.

 Érico Veríssimo (1905 – 1975) gaúcho, escritor, bancário, farmacêutico, tradutor e redator. Veríssimo tem estilo único, traz a verdade de forma simples e verossímil, como em Clarissa.

 Clarissa é um daqueles livros que se deve levar para a vida. Mostra detalhes de um cotidiano considerado monótona a partir dos olhos de uma jovem curiosa, Clarissa. Uma leitura leve, que flui rapidamente, boa para aqueles que gostam de sentir emoções nas pequenas coisas da vida, que veem através de olhos infantis, se questionando a respeitos de coisas vistas como triviais. 

 Clarissa é atenta às pessoas ao seu redor, principalmente a Amaro, um moço que mora na pensão de sua tia Eufrasina, ele tem os olhos baixos e a tez infeliz, vive imerso em seus pensamentos. E, também há Tonico, filho da vizinha que teve sua perna amputada devido a um bonde. Ela se preocupa com a criança que gostaria de se tornar um soldado quando crescesse e indaga a Deus por que uns tem tanto e outros tão pouco. Porque as pessoas pobres financeiramente sofrem mais que as ricas. 

 Clarissa é uma jovem de 13 anos que se vê mudando, ficando mais velha, mais bonita, se tornando mulher.

 Dentro de pouco tempo tudo vai mudar. Mamãe já prometeu em carta: Quando fizeres quatorze anos eu te dou licença para botar sapato de salto alto. Tudo então ficará diferente. Ela deixará as bonecas. Será uma moça, uma senhorita que os rapazes na rua cumprimentarão atenciosamente, tirando o chapéu. E ela responderá com um aceno de cabeça, e um leve sorriso. Passará serenamente, e eles ficarão dizendo elogios."

 Érico trata de sensibilidade nesse livro, faz do cotidiano algo aprazível, bom de se viver. Colocando carinho e ternura em cada ação do dia a dia, conseguiu captar a essência da vida. Andamos tão apressados por causa da rapidez que o modernismo trouxe que muitas vezes não reparamos a existência de coisas tão bonitas à nossa frente, como uma menina tornando-se mulher.

 O livro flui assim, leve, sereno, não há reviravoltas, grandes emoções, traições, segredos. É a parte boa e ruim dele. Para quem gosta de tranquilidade e sossego em leituras, é perfeito. Para quem gosta de emoções, ele deixa a desejar. Clarissa é diferente de Ana Terra, que tem grandes emoções, mas tem um enorme valor. Sensibilidade, carinho, vida. Clarissa não é algo surreal, pelo contrário, basta abrir os olhos para vermos que existe uma Clarissa dentro de nós.

 Não é o tipo de leitura que eu recomendo para quem está começando a ter contato com a literatura nacional, mas sim para aqueles que já têm certa afinidade.

5 comentários:

  1. Eu sou mais os livros com muitas emoções kkkk mas esse livro pareceu interessante, apesar de tudo. kkkkk Deixou assim com aquele gostinho de curiosidade que nós leitoras sempre reconhecemos. kkkk

    Bjs, me visita? :3
    Hayanne Deise Lins
    *Profissão Adolescente*

    ResponderExcluir
  2. Oii Jéssica!! Eu adoro Érico. Inclusive está para chegar um box de 7 volumes dele!! Não vejo a hora de ler tudo.
    Adorei a resenha. Acho que vou gostar de Clarissa :)

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu tinha esse livro, mas inventei de emprestar e nunca mais me devolveram. Muito bom ver por aqui uma resenha de uma obra do Érico Veríssimo. Pretendo comprar novamente esse e outros livros dele para reler, pois os li quando era adolescente, na época do colégio.

    ResponderExcluir
  4. Oi Jéssica,
    Adorei a resenha!
    Acredito que ainda deva esperar mais tempo para ler a obra, mesmo assim, gosto de livro que tratam o cotidiano de forma simples e ainda mais, pelo olhos de uma garota em fase de mudanças.
    Beijos,
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Tudo bem?
    Adorei a resenha, fiquei com vontade de ler!

    Sou nova na blogosfera, e acabei de fazer meu primeiro post.
    É uma crônica sobre a fase que estou na minha vida. E pretendo no futuro, falar sobre livros também.
    Ficarei muito feliz se puder me visitar e deixar um comentário!
    http://cantinhodanike.blogspot.com.br/
    Espero que goste!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...