29 de junho de 2014

Resenha: A Casa de Hades

Título Original: The House of Hades
Série: Heróis do Olimpo (The Heroes of Olympus), Volume 4
Editora: Intrínseca
Autor: Rick Riordan
ISBN: 978-85-8057-421-0
Ano: 2013
Número de páginas: 496
Avaliação: ★★★

Sinopse: A tripulação do Argo II enfrenta dias difíceis. Inimigos espreitam no caminho para a Casa de Hades e o moral da equipe está baixo após a perda de dois integrantes importantes em Roma. Para chegar às Portas da Morte e tentar impedir o despertar de Gaia, nossos heróis Hazel, Jason, Piper, Frank e Leo vão precisar fazer alianças perigosas, encarar deuses instáveis e combater os asseclas enviados pela sanguinária Mãe Terra para detê-los. A situação é ainda pior para Percy e Annabeth. Após caírem no Tártaro, os dois passam fome, sede e sofre com diversos ferimentos enquanto são caçados por vários inimigos que derrotaram ao longo dos anos e que agora surgem das sombras em busca de vingança. A única esperança da dupla de voltar para o plano mortal reside em encontrar as Portas da Morte e fechá-las de uma vez por todas. No entanto, uma legião de monstros fiéis a Gaia defende as Portas, e nem Percy nem Annabeth estão em condições de enfrentá-la.

  Em mais uma aventura quase mortal, Percy Jackson está (novamente) em apuros com sua namorada Annabeth Chase. Depois de recuperarem a Atena Paternos, ambos foram enviados a uma "viagem vip" para o Tártaro. Mas seria uma viagem como essa, motivos para se comemorar uma sobrevida?

  Enquanto isso, no mundo superior (se assim podemos denominar), os outros meio-sangue seguem encarando os mais tenebrosos desafios a bordo do Argo II. Desafios eminentes, não só com os inimigos como desafios consigo mesmo. Hazel, Piper, Frank, Léo e Jason precisam unir forças e combater suas diferenças para impedir que Gaia recupere seu poder avassalador.

"Sete meio-sangues responderão ao chamado.
Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado.
Um juramento a manter com um alento final,
E inimigos com armas às Portas da Morte afinal"

  Mais um livro da saga Heróis do Olimpo que não me agrada (mas também não desagradou, dessa vez). Um tanto maçante (justifica-se os quase 45 dias de leitura) e vários momentos sonolentos. Aspectos positivos ficam para a evolução de personagens significativos como Frank Zhang deixa de ser um mero gordinho desastrado com medo de morrer e (finalmente) seus dons são postos a prova. O retorno de outros personagens "esquecidos" que já se fizeram presentes na série "Os Olimpianos" como Bob/Jápeto também dão pontos para o livro.
  
  Além do que já citei como os "fatos desagradáveis", as participações de Piper McLean e Hazel Lavesque também achei enfraquecida nesse volume. O destino traçado por Tio Rick para justificar Nico Di Angelo, ao meu ver foi uma tremenda forçação de barra para criar um personagem "imparcial ao mundo atual". Não há motivos nenhum para torná-lo algo que ele nunca demonstrou ser em "Os Olimpianos". Percy e Annabeth já podem ser considerados "imortais" por que passar por metade do que eles passaram e não morrer, é no mínimo um milagre dos deuses. 

  Enfim, espero que o desfecho da série não seja tão decepcionante quanto toda a série foi para mim. No aguardo.


Série Heróis do Olimpo:
  1. O Herói Perdido
  2. O Filho de Netuno
  3. A Marca de Atena
  4. A Casa de Hades

22 de junho de 2014

Resenha: A Marca de Atena

Título Original: The Mark of Athena
Série: Heróis do Olimpo (The Heroes of Olympus), Volume 3
Editora: Intrínseca
Autor: Rick Riordan
ISBN: 978-85-8057-310-7
Ano: 2012
Número de páginas: 480
Avaliação: ★★★
Sinopse: Annabeth está apavorada. Justo quando ela está prestes a reencontrar Percy — após seis meses afastados por culpa de Hera —, o Acampamento Júpiter parece estar se preparando para o combate. A bordo do Argo II com os amigos Jason, Piper e Leo, ela não pode culpar os semideuses romanos por pensarem que o navio é uma arma de guerra grega: afinal, com um dragão de bronze fumegante como figura de proa, a fantástica criação de Leo não parece mesmo nada amigável. Annabeth só pode torcer para que os romanos vejam seu pretor Jason na embarcação e compreendam que os visitantes do Acampamento Meio-Sangue estão ali em missão de paz. Os problemas de Annabeth não param por aí — ela carrega no bolso um presente da mãe, que veio acompanhado de uma ordem intimidadora: Siga a Marca de Atena. Vingue-me. A guerreira já carrega nas costas o peso da profecia que mandará sete semideuses em busca das Portas da Morte. O que mais Atena poderia querer dela? 

  Os deuses estão em colapso, vendo-se divididos entre seus lados/identidade de gregos e romanos e com uma destruição de seu mundo eminente. Para evitar isso, eles precisaram tentar juntar os meio-sangue gregos e romanos ('rivais' até então) como ultima salvação. Como "peças" para unir os acampamentos, Jason e Percy foram escolhidos por Juno/Hera para "trocar de lado" entre si. 

  Em seu terceiro livro, a série Heróis do Olimpo tem como personagem central Annabeth Chase, a filha de Atena. Depois de sua caçada ao seu então namorado Percy que estava desaparecido, eles se deparam com o Acampamento Júpiter preparado para a "guerra". 
"A filha da sabedoria caminha solitária,
A Marca de Atena por toda Roma é incendiária.
Gêmeos ceifaram do anjo a vida,
Que detém a chave para a morte infinita.
A ruína dos gigantes se apresenta dourada e pálida,
Conquistada por meio da dor de uma prisão tecida."

  Diferentemente dos outros dois livros da série, A Marca de Atena conseguiu prender minha atenção totalmente, tanto pela estória empolgante que foi desenvolvida, quanto pelos personagens (que antes estavam abusando do excesso de chatice e mesmice). Nem mesmo o romance exagerado criado por Tio Rick (tanto entre Percy e Annabeth quanto Jason e Piper) não tirou pontos da obra. Personagens como Léo e Frank começa-se a demonstrar que terão um papel importantíssimo no trama e, este último se tornou meu personagem (dos novos) favorito da série até então. 

  Assim como nos outros dois livros, os capítulos são intercalados entre os personagens que, dessa vez, foram selecionados apenas o lado grego da "Profecia dos Sete". 

  Se nos outros dois livros, senti-me "obrigado" a terminar de ler por gostar da trama, neste fiquei realmente esperançoso com a sequencia. Não bastasse o "meio", as cenas finais do livro foram dignas da série Percy Jackson & Os Olimpianos. Na esperança que A Casa de Hades possa também se firmar e enfim recuperar o grande prestígio da série que para mim, foi perdido. 

Série Heróis do Olimpo:
  1. O Herói Perdido
  2. O Filho de Netuno
  3. A Marca de Atena
  4. A Casa de Hades

18 de junho de 2014

Editora cria seleções literárias com países que disputam a Copa do Mundo 2014

Texto de iBahia.com

  A editora britânica Penguin, um dos maiores grupos editoriais do mundo, criou seleções literárias para os 16 países que disputam a Copa do Mundo 2014. De escritores contemporâneos a clássicos da literatura mundial, a editora apresenta, na página dedicada à Peguin Cup, um breve histórico da literatura de cada país e uma inusitada e divertida descrição da equipe escalada.

  O time do Brasil conta com Machado de Assis no gol, Graciliano Ramos, Mário de Andrade, Lima Barreto e Álvares de Azevedo na zaga, Paulo Coelho, Euclides da Cunha e Guimarães Rosa no meio de campo e Jorge Amado, Clarice Lispector e Daniel Galera no ataque.

  As seleções da Argentina, Austrália, Reino Unido, França, Alemanha, Grécia, Itália, Japão, Holanda, Nigeria, Portugal, Rússia, Espanha, Estados unidos e Colômbia, cujo craque é Gabriel García Márquez, também estão representados na brincadeira. Confira AQUI.

16 de junho de 2014

Biografia: Monteiro Lobato

  José Bento Renato Monteiro Lobato (★ Taubaté, 18 de abril de 1882 – ✝ São Paulo, 4 de julho de 1948) foi um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX. 

  Era filho de José Bento Marcondes Lobato e Olímpia Monteiro Lobato. Alfabetizado pela mãe, logo despertou o gosto pela leitura, lendo todos os livros infantis da biblioteca de seu avô o Visconde de Tremembé. Desde menino já mostrava seu temperamento irrequieto, escandalizou a sociedade quando se recusou fazer a primeira comunhão. Fez o curso secundário em Taubaté. Com 13 anos foi estudar em São Paulo, no Instituto de Ciências e Letras, se preparando para a faculdade de Direito.

7 de junho de 2014

Tag: Redes Sociais

Fala pessoal!

 O tempo é curto e o dia-a-dia tem atrasado minhas leitura e consequentemente a regularidade de postagens no blog. Enfim, a copa vem ai e com ela as "férias" e tudo voltará a sua normalidade.

 Sem muitas delongas, hoje venho apresentar a tag Redes Sociais, que foi indicada pela Eva Maia do Blog Falando de Livros para ser respondida por mim.

 A tag foi criada no vlog Faultydevices, pela Regan, e traduzida pela Tatiana Feltrin, do vlog Tiny Little Things, que consiste em escolher um livro para cada rede social mencionada, de acordo com as características dadas. 

 Os escolhidos para a lista são:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...