27 de janeiro de 2014

#Tag: Bookish Academy Awards

Imagem de "The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore",
vencedor do Oscar de Melhor Animação em Curta-Metragem em 2012.

Tag originalmente criada por: Kayla

 Esses dias andei visitando alguns blogs literários novos (ou que ainda não tinha conhecimento). Em um deles vi uma tag que despertou minha atenção, fato que me fez publica-la aqui. No Leitora em Transição [postagem aqui] conheci a tag Bookish Academy Awards, que consiste em dar o Oscar (prêmio máximo do cinema) à livros em suas respectivas categorias citadas neste post.

As regras são:
  • Não falar duas vezes do mesmo livro;
  • Apenas livros lidos ou relidos de 2013 até aqui.

Melhor protagonista masculino: 
Harry Potter, em Harry Potter e a Pedra Filosofal (releitura)
  Assim que li o título da categoria, veio Harry em mente. Decidi não pensar em outro. Justo!
Melhor protagonista feminina: 
Anne Frank, em O Diário de Anne Frank

 Decididamente não há como tirar o posto de Anne, que foi capaz de, nos seus piores momentos, transcrever os sentimentos mais intensos que ela pode viver.
Melhor romance:
A Garota Que Eu Quero, Markus Zusak

Romance no estilo romance propriamente dito não li, por isso A Garota Que Eu Quero ficou nessa categoria.
Melhor capa: 
O Filho de Netuno, Rick Riordan
Melhor personagem secundário:
Brian Blake, em The Walking Dead: A Ascensão do Governador

 O "pequeno" e frouxo Brian viu sua vida virar de ponta cabeça em meio ao apocalipse zumbi. Junto com o protagonista Philip Blake, as coisas tomaram rumos incríveis e surpreendentes na trama. 
Enredo mais criativo: 
ADQS, Fabiana Cardoso

Um dos livros que mais me surpreenderam em 2013, ADQS mereceu estar aqui. Como já citei na resenha, não esperava muita coisa do livro mas criatividade da autora brasileira fez valer a estória. 
Melhor adaptação: 
Jogos Vorazes: Em Chamas, Suzanne Collins

Dificilmente vemos filmes adaptados fielmente aos livros. Em Chamas conseguiu quebrar esse tabú e entrar para o rol dos bem adaptados. Gostei muito!
Um livro que funcionaria perfeitamente como animação:
Mestre Gil de Ham, J.R.R. Tolkien
 Estória infantil de Tolkien, daria uma bela animação (em 3D, nas mãos de Peter Jackson - haha!) e que atrairia fãs para os cinemas.
Melhor escritor que você descobriu: 
Lemony Snicket, por Desventuras em Série Quem Poderia Ser A Uma Hora Dessas?

Com a escrita totalmente irônica e bem humorada, mesmo com as tragédias proporcionadas pelo próprio autor com seus personagens principais, Lemony me cativou, ainda que não tenha gostado do enredo do segundo livro citado acima.
Melhor livro com cenas de ação: 
72 Horas Para Morrer, Ricardo Ragazzo

Eletrizante livro nacional. Um thriller que vale a pena a leitura e que faz a adrenalina ir as alturas. 
Melhor música-tema em uma adaptação: 
Asleep (The Smiths), em As Vantagens de Ser Invisível


Uma das minhas musicas preferidas de uma das minhas bandas preferidas em um dos meus livros preferidos. Mais algum motivo?
Melhor novela (livro menor que um romance, maior que um conto):
O Estranho Caso do Yoda de Origami, Tom Angleberger 

Um dos poucos livros que li que se enquadraria nesse gênero.
Melhor stand-alone (livro que não faz parte de uma trilogia ou série): 
As Aventuras de Pi, Yann Martel 

Ainda que seja muito criticado pelos leitores, ainda que seja um plágio de Max e os Felinos, A Vida de Pi me cativou da primeira a ultima página, com a leitura que fluiu tão rápido que surpreendeu. 
Melhor ficção histórica ou não-ficção:  
A Menina Que Roubava Livros, Markus Zusak

A ladra de livros em plena segunda guerra mundial, com a 'Morte' e Hitler suspirando o terror na terra. É nessa aura que a trama se desenrola. Lugar cativo.



Gostaram das indicações? Mudariam algo?
Enfim, deixarei a tag livre para quem quiser fazer. Caso você faça, deixe o comentário aqui avisando para eu poder ver. 

7 comentários:

  1. Nossa, você é uma das primeiras pessoas que vejo que gostou de verdade de O Diário de Anne Frank. Super merecido a Anne como melhor protagonista feminina.
    Beijos,

    Letícia
    http://www.odomdaescrita.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Carlos,

    Acredita que até hoje não li O Diário de Anne Frank. Eu até tenho o e-book, mas toda vez que pego para lê-lo, vejo que não é a hora de começar, entende? Se fosse para eu escolher a melhor adaptação, também seria Em Chamas. É a prova que dá sim para fazer um bom filme sem faltar nada. E sobre As Vantagens de Ser Invisível, The Smiths é The Smiths, né? Haha.

    Beijos,
    http://comoum-sonho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carlos!
    Adorei as tuas escolhas e até pesquisei sobre as que eu não conhecia pra pôr na minha wishlist, pois me chamaram a atenção, haha. Mestre Gil de Ham, do Tolkien, por exemplo! Deve ser uma leitura super gostosa. Adoro o toque infantil da escrita dele! :)
    Em Chamas é excelente! Curti demais a adaptação!
    Seria difícil pra mim dar um Oscar pra apenas um livro de cada categoria... Ia querer premiar todo mundo, haha.
    Bjos,
    La Vie d'Lee

    ResponderExcluir
  4. Carlos, que delícia de tag! :D Muito criativa e bastante retrospectiva... enfim, tudo de bom. Parabéns a blogueira por essa iniciativa. E eu adorei saber mais sobre suas preferências literárias de 2013... ótimas respostas. Deu até vontade de responder também, hein!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não sei se mudaria pois só li alguns dos livros citados, e essas tags são uma sacanagem vc sempre esquece um livro queridinho na lista :( ficou ótimo o ~~oscar~~ colocaria Becky de A Menina que Semeava como protagonista feminina, o resto me recuso a pensar kkkkkkkk.

    Abs

    ResponderExcluir
  6. Amei essa atag e adorei suas escolhas!!!

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Tag muito legal! E gostei tb das escolhas.
    Bjs
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...