17 de dezembro de 2013

Top 5: Melhores Adaptações Literárias, Parte 2

 Um ano e cinco meses se passaram desde o primeiro Top Five relacionado as melhores adaptações literárias vistas por mim até então. Inúmeros filmes e livros depois, cá estou eu trazendo a segunda fase da lista Melhores Adaptações Literárias vistas por mim, essencialmente nesse período. Vale ressaltar que não precisa(ou) ser necessariamente um livro/filme que eu seja fã ou goste, apenas que seja bem adaptado o suficiente para merecer a vaga na lista. Sem mais conversas, eis os 5 escolhidos em ordem decrescente:
*Diretores dos respectivos filmes

5. O Bebê de Rosemary (Ira Levin | Roman Polanski*) 1968
Vencedor do Oscar na categoria de melhor atriz coadjuvante (Ruth Gordon)
 Confesso que é bastante louco esse filme/livro. Aquele suspense que vivi lendo a trama, se fez presente no filme, passando as mesmas aflições de Rose e seu marido, mesmo sabendo o que viria a acontecer. Assisti o filme minutos depois de terminar a leitura da obra, o que me fez apreciar ainda mais as semelhanças do terror psicológico. As diferenças que há, não interferem em nada o desenvolver da estória. [RESENHA DO LIVRO]


4. Carrie, A Estranha (Stephen King | Brian DePalma *) 1976
Duas indicações ao Oscar, nas categorias de melhor atriz (Sissy Spacek), e de melhor atriz coadjuvante (Piper Laurie).
 Como não lembrar da Sissy Spacek estrelando como Carrie White. Brian DePalma soube colocar em prática todo o "terror" que o King quis apresentar no livro homônimo (mesmo sentindo falta do final tão empolgante/destruidor que acontece no livro). Vale também a pena conferir o remake de 2013, que apesar das críticas, eu gostei bastante (fora os atores que são deploráveis - exceto Juliane Moore e Chloe Moretz). [RESENHA DO LIVRO]


3. 20 Mil Léguas Submarinas (Jules Verne |  Richard Fleischer*) 1954
Vencedor dos Oscars de Melhor Direção de Arte e Melhores Efeitos Especiais
 De tantas adaptações, a feita pela Disney em 54 é mais fiel a obra original de Julio Verne, sendo esta um dos primeiros filmes "não animação" da produtora. A semelhança é enorme. Típico filme que pode-se imaginar a dificuldade para colocá-lo em prática, tanto pela tecnologia quase escassa presente naquela época, quanto pelo roteiro fidedigno ao original e pelo nível dos atores. Mesmo não sendo tão amante da estória, merece a citação.  

2. O Diário de Anne Frank (Anne Frank | Jon Jones*) 2009
 Difícil retratar um livro tão intenso e impactante quanto O Diário de Anne Frank. Porém, o filme/mini-série lançado em 2009 consegue ser tão preciso e emocionante quanto o diário escrito pela garota durante a "liderança de Hitler". Óbvio que a obra literária trás muito mais informações e detalhes sobre a temporada de Anne e os outros no Anexo Secreto, mas de exímia importância para aqueles que admiraram e sofreram junto lendo o livro. 2º lugar mais que digno. 

1. Em Chamas (Suzanne Collins | Francis Lawrence*) 2013
 Foi a surpresa cinematográfica do ano para mim, tendo em vista apenas os "filmes grandes". Depois de um primeiro filme bem mais ou menos (Jogos Vorazes é o meu livro favorito dos três e talvez isso justifique), Em Chamas valeu o ingresso. Sabe aquela sensação de "já vi isso antes"? Pois foi exatamente isso que senti vendo o filme e lembrando da obra literária. Atuações mais próximas dos personagens, cenários e efeitos bem mais interessantes e enredo "sem frescura". Valeu o primeiro lugar para Jogos Vorazes: Em Chamas.

E vocês, já assistiram ou leram algum desses? Gostaram da lista? 

10 comentários:

  1. Oii, tudo bom?
    Ai que vergonha, desses livros só li Jogos Vorazes! Estou há anos querendo ler O Diário de Anne Frank, não sei porque ainda não o li. E estou pensando em ler Carrie, a Estranha esse ano por causa do filme, mas não tenho certeza se vou conseguir ler porque eu não gosto muito desse gênero...
    Mas adorei as dicas! Bem criativo o post!

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
  2. Em chamas tinha estar em primeiro mesmo. Os outros não assisti nenhum acredita? Nem sabia que tinha filme de O diário de Anne Frank.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Desses eu só li e assisti Em Chamas, e tenho que confessar que foi uma das melhores adaptações que eu já vi. Além de ser bem fiel, conseguiu me encantar e me fazer chorar. Quero muito ler O Diário de Anne Frank, principalmente agora sabendo que a adaptação foi boa.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Quando eu assisti Jogos Vorazes no cinema também achei bom, mas sem graça. A mesma sensação que você descreveu. Mas ainda falta eu ver Em Chamas, espero gostar!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Dos citados, ainda não assisti nenhum. Porém já vi Jogos Vorazes e amei, como eu vi antes de ler o filme, achei perfeito <3. Porém quando li o livro vi que faltou muita coisa la :/
    Estou LOUCO para assisti Em Chamas, todo mundo amou e falou que é fiel ao livro *-*
    Sou novo por aqui, amei o blog e já estou seguindo.
    Beijos,
    http://umviciadoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P.S: como eu LI antes de VER o filme*
      Kkkkkkk hj eu não estou normal

      Excluir
  6. Desses citados só assisti Em Chamas, mas nem os livros ainda xD

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olha, concordo muito com Em Chamas. Gostei muito de ter lido a trilogia mas o primeiro filme não gostei nenhum pouco. O segundo, como você escreveu, foi mesmo uma surpresa, sendo que foi o livro que achei que mais enrolou, então para mim também valeu o ingresso :)

    ResponderExcluir
  8. Não li Carrie, A Estranha, mas assisti as duas adaptações. A com a Sissy Spacek de longe é a melhor. Ver essa coluna me lembrou de vários livros que ainda quero ler, inclusive esse.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...