28 de junho de 2013

Resenha: As Aventuras de Pi

Titulo Original: Life of Pi
Autora: Yann Martel
Editora: Nova Fronteira
Ano: 2001
Páginas: 371
ISBN: 978.85.209.3310-7
Avaliação: ★★★ ♥ 



Sinopse: Um dos romances mais importantes do século, As aventuras de Pi é uma narrativa singular de Yann Martel que se tornou um grande best-seller. O livro narra a trajetória do jovem Pi Patel, um garoto cuja vida é revirada quando seu pai, dono de um zoológico na Índia, decide embarcar em um navio rumo ao Canadá. Durante a viagem, um trágico naufrágio deixa o menino à deriva em um bote, na companhia insólita de um tigre-de-bengala, um orangotango, uma zebra e uma hiena. A luta de Pi pela sobrevivência ao lado de animais perigosos e sobre um imenso oceano é de uma força poucas vezes vista na literatura mundial.




 Depois de um "bloqueio de escrita" - que infelizmente tem sido comum - venho falar sobre uma das mais fantásticas histórias da literatura: As Aventuras de Pi, que também pode ser conhecida como "A Vida de Pi".

 Como o título pressupõe, a estória nos apresenta Piscine Molitor Patel, um jovem indiano que juntamente a sua tradicional família mora e toma conta de um zoológico em Pondicherry. Na juventude Piscine sofreu bastante com as zoações dos amigos de classe devido o seu estranho nome, "homenagem" dos pais a um amigo que era apaixonado por piscinas (por favor, não repitam esse gesto com seus filhos!). Para acabar com as "humilhações", Pi Patel passou a ser seu nome, sendo o Pi uma nova homenagem ao π (3,1415... na matemática). Mesmo com criado no âmbito tradicional da Índia, Pi criou interesse pelas mais diversificadas religiões, do cristianismo à hindu, o que fez da fé ser seu guia e os animais sua paixão. 

 Depois de uma crise financeira, a família de Pi decidiu se transferir para o Canadá, vendendo alguns dos animais e levando alguns - vários - outros consigo. Mas essa viagem seria a mais intensa e marcante de toda a vida do garoto. Em pleno oceano pacífico, o navio no qual eles estavam embarcados naufragou. Entre as vítimas estavam os pais e o irmão de Pi Patel. Em um pequeno barco, ele começa a sua luta pela sobrevivência no meio do nada, mas logo descobre que não estará sozinho.

"As pessoas se mudam por causa do desgaste provocado pela ansiedade. Por causa da sensação aguda de que, por mais que elas batalhem, os seus esforços não vão dar em nada; que o que construírem num ano vai ser posto abaixo por outros num único dia. Por causa da impressão de que o futuro está bloqueado, que elas podem até fazer tudo certo, mas os seus filhos não. Por causa do sentimento de que nada vai mudar; de que felicidade e prosperidade só serão possíveis em algum outro lugar."
Página 102

  "Acredite no extraordinário", trás escrito em sua capa As Aventuras de Pi. Assim como muitos, só vim conhecer a trama através do filme homônimo e premiado dirigido por Ang Lee. Yann Martel (plagiando ou não Moacyr Scliar) conseguiu criar um ambiente fidedigno e fabuloso, sem fugir do mundo real, desde seu início até o final. Sabe aquele livro pra ser sentido, não apenas lido? Pois é este.
Por inúmeras vezes me sentia no lugar do personagem e imaginando se seria forte o suficiente para aguentar as situações apresentadas. Há quem diga que o enredo é passivo e até enrolativo assim como o filme (eu li isso numa resenha, infelizmente), mas não consegui achar defeitos e falhas na estória. Houve falhas sim, mas na edição do livro, com letras faltando e erros orográficos gritantes, mas nada que atrapalhasse a leitura.

"As coisas não correram como se esperava, mas o que se pode fazer? Temos de encarar a vida do jeito que ela se apresenta e tentar tirar o melhor proveito dela."
Página 117

 Forte, impactante e simples, As Aventuras de Pi entrou definitivamente como um dos melhores livros que pude ler e farei o possível para induzir a quem puder a lê-lo.

14 comentários:

  1. Oi Carlos!

    Confesso que vi apenas o filme e na verdade estava em dúvida quanto ao livro. Gostei muito do filme, os efeitos são incríveis, mas o tema não me cativou a ponto de me animar a ler o livro. No entanto, gostei muito das suas impressões durante a leitura, parece que te cativou.

    Abraço

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bom apesar de nao ser meu tipo de leitura me conquistou... não darei prioridade (como correr e ir compra o livro) mas se der pegarei ele emprestado com alguém para ler sim! ^^
    bjos
    e parabéns suas resenhas são sempre maravilhosas! :)

    ResponderExcluir
  3. Acredito que o livro deve superar o filme que eu não gostei nada nada... rsrs
    Ótima resenha, cara!
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Vi o filme e nao achei la essas coisas, mas quem sabe lendo o livro neh
    http://umagarotacitouu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Carlos, eu conheci a trama graças ao cinema, por conta dos burburinhos da adaptação (que inclusive acabei não assistindo), mas nunca cogitei ler o enredo (embora muitos amigos me falem super bem da história). Para ser bem sincera eu ainda não sei se o leria no momento, mas é uma leitura que não descarto. Sua resenha com certeza deixou um tom curioso, sem falar que todos os elementos da narrativa parecem mesmo bem fantásticos. :)

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Carlos,
    Esse livro nunca me despertou a curiosidade. Conheci ele por conta do filme e mesmo assim não consegui simpatizar com ele. Apesar de não gostar de julgar um livro sem conhece-lo melhor antes, não acho que ele consiga despertar minha vontade de ler.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Carlos!
    Eu só lerei esse livro algum dia por curiosidade. Já vi o filme e não gostei muito.
    Acredito que não gostarei muito da história. Pelo menos o filme me sugeriu isso.
    Fico feliz que tenha gostado. Curti saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  8. Acredita que eu nunca tinha parado para ler algo sobre esse livro? Faltava algo a mais que me chamasse atençao, eis que agora eu resolvi ler e me deparei com uma resenha linda e tentadora! Agora quero mt ler o livro e ver o filme!! Espero gostar tambem *-*
    beijoos

    http://leitorapaixonada19.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Carlos =)
    Me perdoe a ausência dos coments, mas andava meio enrolada.
    Voltei \o/
    Adorei o layout viu, ficou muito lindo =)

    Esse livro nunca nem vi na livraria, conheço apenas do filme, e porque tenho uum marcador de Portugal com essa capa. Tem marcador dele no Brasil?

    Bjokas
    http://omarcapaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado ^^ Ter tem, mas eu só conheço o que vem com no kit Blu-ray+Livro. Muito show, por sinal.

      Excluir
  10. Eu já tinha visto falar do filme, mas não sabia que tinha o livro. Sua resenha ficou show de bola e me deixou bem curiosa a respeito dessa leitura.

    Ah, já estou te seguindo, pode seguir de volta?

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi. Queria tanto ter lido este livro antes de ver o filme, mas não pude comprar na época :(
    Até que gostei do filme, não achei tudo isso q todos falam por aí, de fato a fotografia é bonita e tal, mas chega uma hora q fica meio cansativo. A moral da história é q salva o final.
    Ótimo post, até mais!

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Queria muito ter assistido o filme, mas não foi possível. Pela resenha o livro me parece maravilhoso...!!! Parabéns pela resenha!

    Abraços
    http://livrosrocknrolleoutrosvicios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu comecei a ler As Aventuras de Pi hoje e estou gostando. Particularmente acho que vou gostar da historia mesmo não sendo muito fã de livros que queiram mostrar a fé em algo. A leitura está sendo fácil e fluindo, espero gostar mesmo dele.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...