19 de outubro de 2012

Resenha: Carrie, A Estranha

Título/Título Original: Carrie, A Estranha (Carrie)
Editora: Objetiva
Autor: Stephen King
ISBN: 978-85-7302-824-9
Ano de Lançamento: 1974
Ano da Edição: 2007
Número de páginas: 137
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: CARRIE narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente. Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram. A vendeta vem à tona de forma tão furiosa e amedrontadora que até hoje permanece como exemplo de uma das mais chocantes e inovadoras narrativas de terror de todos os tempos.
Review: 17/12/2013

 Carrieta White, ou apenas Carrie é uma adolescente de 16 anos tímida, estranha e sem amigos. Tais sentimentos é justificado até pela criação imposta por sua mãe, uma fanática religiosa que acredita que sua filha havia sido um castigo de Deus por ela ter pecado com seu marido. Sim, ela acreditava que um simples gesto de carinho já seria um ato pecaminoso, quanto mais o sexo. E assim Carrie cresceu, tendo seus olhos fechados para o mundo. 

 Por trás daquela frágil e triste garota havia um segredo que até a própria desconhecia: a Telecinesia conceituada como a capacidade de mover fisicamente um objeto com a força psíquica. 

 Um dia, após a aula de educação física tomando banho no vestiário feminino, Carrie tem sua primeira menstruação ali, diante de todas as outras garotas. Ela não sabia o que era aquilo pois sua mãe nunca falou com ela a respeito disso. Carrie entra em desespero acreditando ela que estava morrendo, tendo uma hemorragia ou algo do tipo. As outras garotas, lideradas por Chris Hargensen zoam da cara dela, humilhando-a publicamente daquele momento em diante. Com o seu psicológico demasiadamente abalado, Carrie começa a realmente se conhecer e reconhecer seus dons.

 Esse é o primeiro livro do renomado Stephen King que eu leio e posso adianta que não será o último. Decidi que "Carrie, A Estranha" seria a primeira obra dele que eu iria ler e não me arrependo. A forma como o autor expõe os fatos com pequenas pausas para uma "explicação" ajudam muito o intendimento total dos fatos passados e ali presentes. Mas seria a Carrie White uma estranha? Não exitaria em dizer que sua mãe, Margaret White é muito mais estranha (até doentia) que ela, capaz de abrir mão do seu bem estar e de sua filha por um fanatismo encegueirado. Pressupõe-se que a relação mãe-filha ficaria abalada depois das descobertas... E o que dizer de Chris Hargensen, uma garota rica mimada que acha ser o centro do universo (e uma das principais causadoras do "grand finale" do livro)?

 É exatamente o tipo de história que eu gosto, aquela que fica presa em sua cabeça, que você vê seus sentimentos se envolvendo com os personagens. Mesmo com muita gente que "não vê graça no livro", comigo rolou a química perfeita. Para os amantes de um suspense paranormal e drama com um leve terror, super indicado.

14 comentários:

  1. Oii Carlos!! Amei a resenha *-* Eu sempre me interessei pelo livro, mas infelizmente não tive oportunidade de ler ainda =/ mas sua resenha atiçou mais minha vontade!! Eu preciso ler ele!!
    beijoos

    Resenha de "Toda sua" no diário!!

    http://leitorapaixonada19.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava na mesma situação mas achei ele na biblioteca, não perdi tempo =]

      Excluir
  2. Acredita que nunca li nada do Stephen King? Achei bastante interessante Carrie ter uma criação bem "exótica", acho que isso pode acrescentar um ponto de vista bem diferente a situações comuns (como você mesmo falou da menstruação dela).

    http://trouxesteachave.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA'
    Sabe o quanto eu surtei quando vi que você tinha resenhado esse livro? hahaha'
    Sou muito fã do King, e adoro esse livro, que é sem dúvidas muito melhor que o filme.
    Amei sua resenha Carlos, sério!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu até que achei bem fiel o filme, fora o final. Mas é muuuito bom mesmo !

      Excluir
  4. Olá!
    Essa resenha veio em ótima hora, logo agora que todos ficaram sabendo do remake que estão filmando.
    Eu não li o livro ainda, infelizmente, mas Stephen é o mestre como sempre e não vejo a hora de conseguir colocar as mãos nesse livro.
    Parabéns pela resenha
    Beijos

    Andressa
    umdiaacadalivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos cinemas em 2013. Assista a versão de 1973, muito boa.

      Excluir
  5. Oi, adorei sua resenha, amo as adaptações dos livros do Stephen. Especialmente "Carrie, A Estranha" que é um dos meus filmes favoritos, mas ainda não tive a chace de ler. Sua resenha me deixou com mais vontade ainda :)

    Abraços,
    http://paraisocaotico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei muito do filme, mesmo com o final não tão impactante quanto o livro. Merece ser lido !

      Excluir
  6. Oi Carlos!
    Arrasou no post hein?...Stephen King é considerado o mestre do terror e não é à toa.
    Com esse livro ele comprova mais uma vez sua capacidade de surpreender,adorei sua resenha.
    Abraço!

    Bruno
    http://oexploradorcultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nosaaa eu sou apaixonada pelo filme...... me atiçasse a ler o livroooo.... vou ter que dar um jeito de ter-lo.... lá mais um pra minha lsitinah enorme.... teu meme ta respondido bjoss Grandes

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nada do Stephen King, mas sempre vejo resenhas positivas desse livro e eu amei toda a história dele. Ótima resenha! Seguindo o seu blog, segue de volta?

    http://rosa-amarelo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu também escolhi Carrie para ser o primeiro livro que leio do Stephen King, agora só falta comprá-lo, rsrsrs. Eu adoro suspense e terror, e como os filmes desses gêneros atualmente não são mais tão bons como antigamente o jeito é recorrer para os livros.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Queria muito ler esse livro, mas tenho um pouco de medo ):

    Coral,
    http://universeforwords.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...