14 de julho de 2012

Hercule Poirot vs Sherlock Holmes

 David Suchet, que interpreta
Poirot na série Agatha Christie's Poirot
 Como não amar Agatha Christie? Não saberia responder isso. Autora de mais de 80 livros (sim, um dia terei lido todos) e indiscutivelmente a "rainha do crime".

 Minha fixação pelas suas obras começou quando, por um acaso, resolvi comprar o livro "Assassinato no Expresso do Oriente". Quando conheci o Hércule Poirot, foi amor a primeira vista (risos). O modo como o livro se desenvolve, toda a trama, o mistério e as revelações finais, me encheram os olhos.

 Assim que terminei a leitura, surgiu a pergunta: Poirot ou Holmes?

 Sherlock Holmes, personagem criado por Sir Arthur Conan Doyle (1859-1930), astuto e carismático, é considerado por muitos (e por mim) o maior detetive literários de todos os tempos (desbancando até o próprio Poirot e C. Auguste Dupin - Allan Poe)

Sherlock Holmes
 Poirot e suas pequeninas células cinzentas tem uma habilidade de dedução invejável a qualquer detetive. Já Sherlock tem como característica marcante a exatidão e preciosismo de seus raciocínios.

 Enquanto Poirot pode resolver um crime sentado apenas em sua poltrona (como ele mesmo diz), Holmes tem uma certa habilidade em artes marciais (Normais, se comparada as habilidades gritantes e  "estranhas" como as que aparecem nos dois filmes mais recentes).

 Talvez único grande diferencial entre os detetives de Agatha e Conan Doyle seja os seus "fieis escudeiros". Hasting, sempre ao lado de Poirot nas investigações possui um pequeno defeito em relação ao Dr. Watson: Quase sempre suas conclusões sejam o oposto da realidade. Watson tem uma noção mais exata se comparado a Hasting de tudo o que se passou/passa ao seu redor.

 Quanto a resolução dos crimes, ambos são quase que perfeitos. Detalhes mínimos e que não fazem menor sentido até mesmo para a policia local (de cada livro), são fundamentais para os dois.

 Enfim, é uma discussão infindável. Não escondo meu favoritismo por Poirot, mas Sherlock tem todos os méritos. 51% a 49%, digamos.

E para vocês, quem é o maior? Poirot ou Holmes? Comente ! 

17 comentários:

  1. gosto de ler coisas informativas, mas qualquer tipo de leitura é válida.

    ResponderExcluir
  2. acho q Holmes tem todo um peso de filmes e lendas.. e para falar a verdade não conheço o outro personagem.. em todo caso.. voto em Sherlock

    ResponderExcluir
  3. Carlos, que postagem interessante! :D Criativa, diferente, discursiva... adorei, de verdade.

    Sobre sua pergunta final, posso dizer que meu favoritismo sobre caí no Poirot. É como você disse, o Sherlock tem suas qualidades, mas... ah, Poirot é Poirot! Hahahah! Talvez minha preferência esteja relacionado a convívio... e, por falar nisso, Assassinato no Expresso do Oriente é prioridade em minha lista de leitura. Acredita que eu ainda não li esse? :O


    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado ^^

      Assassinato no Expresso do Oriente considero o melhor dos que li até agora porque até o último momento não sabia ao certo que era o assassino. O final é revelador e no minimo interessante.

      Leia, você vai curtir =)

      Excluir
  4. Sou fã do Holmes e não conheço o outro. Então meu voto vai pra o Sherlock.
    Poxa, ele consegue deduzir coisas infindáveis...E fora que existem dezenas de livros da série, e o mais incrível são os detalhes que o autor decifra no livro...
    Quebrastes três costelas, o que era o suficiente para ele nunca mais pensar em brigar...
    Enfim, eu gosto muito de Sherlock Holmes, e os filmes foram bacanas pacas!
    Fico com o Holmes...

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca consegui ler um só livro em que aparece o Poirot, no começo fiquei chateada comigo mesma, mas depois vi que não tinha culpa, o livro é que é exacerbadamente chato. Já Holmes... ahh, lia um livro por dia, pena que não tenho mais tempo.

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto muito dos dois!!! Mas tenho que confessar que amo Sherlock Holmes, o melhor detetive de todos os tempos! Poirot ficaria com o segundo lugar na minha avaliação. Tanto Doyle, quanto Agatha são excelentes escritores, nesse caso eu diria que é um empate técnico!

    abraços Fabi

    www.fabianacardosoescritora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Holmes, sem dúvida. A maneira de como resolve casos detalhados e complexos, baseados em deduções e observações singulares nos envolve na trama, fazendo com que fiquemos pensa na sua genialidade e no epílogo da história. Sherlock Holmes é único e nunca haverá na literatura um melhor e mais cativante.

    ResponderExcluir
  8. Poirot tem grandes habilidades de dedução?!
    Sherlock Holmes INVENTOU a arte da dedução! O Watson lê o artigo de Holmes intitulado A Ciência da Vida em que ele mesmo explica essa arte.
    Na mesma obra, Um Estudo em Vermelho, Holmes zomba do próprio Dupin e dá os motivos de superior a ele! Então não me venha falar de Dupin!
    Holmes é o melhor de todos, sem mais.

    Leia o meu blog
    http://fazerbelasartes.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Gosto dos dois, mas é importante ver que Hollywood desfigurou Holmes. Quem já leu os originais sabe que ele é o precursor do CSI, na verdade. Pelo que ele mesmo conta, ele criou a profissão de perito criminalista, que atua para clientes particulares e como consultor para a polícia. Para isso, ele cursou os dois primeiros anos de Medicina, o que (conforme o sistema de ensino inglês na época) lhe deu um diploma de nível superior mais ou menos como o do nosso curso de Ciências Biológicas (podendo trabalhar em laboratórios de química, bioquímica, farmacologia etc.). A partir daí, ele estudou a fundo, como autodidata, os padrões de crimes (tipo Criminal Minds) e, para o trabalho de perito, pesquisava todo tipo de material, objeto ou produto que pudesse ocorrer como evidência numa cena de crime. Inclusive publicou artigos científicos em periódicos especializados. Watson o conheceu trabalhando no laboratório de um hospital-escola londrino, onde ele tinha autorização para fazer seus experimentos. Além disso, ele usava diversos recursos bem modernos para obter dados de campo, como contato com investigadores de outras cidades e outros países (via telegrama), uso de uma rede de garotos (a brigada da Baker Street) que se infiltravam nas ruas e captavam informações para ele, e a investigação direta das cenas de crime. Ele tinha uma vasta biblioteca toda classificada, com todo tipo de publicação que pudesse dar subsídios para o seu trabalho, incluindo jornais, livros etc. As deduções de Holmes só são feitas após todo esse esforço de coleta de dados. E em nenhuma das histórias de Conan Doyle ele é mostrado como aquele brigão caótico e grosso que Hollywood inventou. Ele era de uma família de cavalheiros da província e tinha o típico comportamento reservado desse tipo de cidadão inglês criado na era Vitoriana.

    ResponderExcluir
  10. Poirot com certeza, ele é o vovô que du sempre quis : )

    ResponderExcluir
  11. Poirot com certeza, ele é o vovô que du sempre quis : )

    ResponderExcluir
  12. Poirot com certeza, ele é o vovô que du sempre quis : )

    ResponderExcluir
  13. Sherlock Holmes com toda certeza, ninguém pode se comparar a ele.

    ResponderExcluir
  14. Sherlock Holmes com toda certeza, ninguém pode se comparar a ele.

    ResponderExcluir
  15. Hahah o detetive Belga Poirot... Sem dúvida..mas curto muito Sherlock Holmes.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...